ERROS COMUNS DE VAPERS INICIANTES

Erros comuns de vapers iniciantes

|
|

24 de março de 2022

Nós da Alquimia7030 valorizamos o vaper que só está iniciando a sua caminhada no mundo vaping, então preparamos esse artigo para te auxiliar a saber identificar os erros e solucioná-los.

Todos nós já passamos por essa fase, e sabemos muito bem que o vaping não é uma técnica fácil, é necessário um conhecimento no mínimo básico, para não tornar a sua experiência desagradável.

Nós fizemos algumas pesquisas e criamos uma lista de dicas super úteis para vocês seguirem. Vamos abordar desde a bobina, ao juice que você utiliza no seu vape, até as baterias. Bora lá alquimistas ...

BOBINAS ou COILS

Uma das partes mais importantes, ela é o coração do seu vape. Muitas pessoas não dão muita atenção para essa pequena estrutura de ferro com algodão em seu interior, porém, o vapor e o sabor são advindos dessa pecinha, e você precisa tomar muito cuidado ao utilizá-la, pois se algo estiver de errado com ela a sua experiência não vai ser nada agradável...

Ah, mas eu não hidratei muito bem e veio gosto ruim na minha boca ...

Muito provável que você tenha queimado o seu algodão, esse com certeza faz parte de um dos erros comuns, e esse gosto ruim na boca por falta de hidratação da coil se chama “dry hit” (golpe seco), vamos dar todas as dicas para você não cometer o mesmo erro.

  • PRIMEIRAMENTE – Sempre prepare a sua coil, seja ela prebuild (coils substituíveis, como a coil head) ou feita por você mesmo (coil reconstruível), você tem que hidratar muito bem o algodão antes de utilizar o seu aparelho, seja ele pod ou atomizador.

  • Pegue sua coil e molhe ela de juice até você ver que o algodão está totalmente úmido, mas cuidado para não encharcar excessivamente. Se for uma bobina substituível não esqueça de molhar todos as portas de absorção das quais tem algodão.

  • Coloque a coil no seu dispositivo, caso você estiver utilizando um pod ou atomizador com tanque, coloque o seu juice de preferência e aguarde uns 10 minutos antes de começar a vaporar.

  • Voilà! Pode vaporizar tranquilamente, mas não se esqueça de estar sempre verificando o algodão (RDA) ou o tanque (Pods e atomizadores com tanque) para não deixar a coil ficar sem juice no reservatório, mantenha ele sempre cheinho!

Ah, mas com que frequência preciso trocar as coils?

Todas coils uma hora precisam ser substituídas, até a de melhor qualidade. Hoje em dia temos as coils com núcleos feito de malha (coil mesh) e algodão aprimorados, a tecnologia está expandindo e agora já temos até bobina 3D, da qual dura muito mais que as coils tradicionais. Aqui vão algumas dicas ...

TROQUE SEMPRE QUE ACHAR NECESSÁRIO

Se você é um vaper Sub Ohm especialmente, provavelmente estará usando líquidos VG altos em uma potência mais alta. Quando você abre seu tanque para trocar a bobina, às vezes você notará que o algodão está descolorido e com aparência pegajosa. Isso acontece quando o e-líquido que você está vaporando começa a oxidar e, eventualmente, o algodão fica supersaturado e não consegue absorver adequadamente. Se você tiver um contador de sopros em seu mod, vale a pena acompanhar quantos sopros suas bobinas duram em suas configurações usuais. Dessa forma, quando você atingir esse número mágico, saberá que é hora de uma bobina nova.

Alguns vapers relatam conseguir ficar algumas semanas utilizando a mesma coil, porém isso varia muito de usuário para usuário, e claro, do juice e dos cuidados que você tem. Você vai perceber que o vapor já não é mais tão denso e o sabor do juices não está bom como antes, mas às vezes acontece da coil estar boa e somente o algodão já não está mais tão eficiente, se esse for o caso, e a sua coil ainda estiver boa, você pode trocar somente o algodão.

 Esses são alguns fatores que implicam na duração da sua coil:

  • Juice – alguns juices podem deixar a sua coil com o que chamamos de “gunk”, que é um resíduo, como se fosse uma gosma mais escura que aparece na coil e no algodão, normalmente isso surge pelo longo uso da mesma coil por muito tempo, ou o que acelera esse processo, os líquidos mais doces, que normalmente contém a presença de adoçantes, sacarose.
  • Frequência – se você utiliza o seu vape durante o dia todo e todos os dias, é preciso uma atenção maior, pois a coil vai precisar ser trocada com mais frequência do que da pessoa que utiliza o seu dispositivo raramente.

Mas se você não utiliza com certa frequência, há algumas regrinhas a serem seguidas, primeiramente, nunca deixe o seu aparelho com juice, a nicotina é um composto do qual oxida muito rápido e reage com qualquer coisa, até mesmo com o oxigênio, e dependendo da temperatura da qual é exposta, essa oxidação é acelerada. Limpe o seu tanque, ou atomizador e armazene ele em local seco e limpo.

  • Tensão e potência – esse é um fator do qual também implica na vida útil da sua coil, se você utiliza altas potências, consequentemente a sua coil esquenta mais e pode acontecer de uma aceleração da oxidação.

Material da coil – esse é um dos principais fatores, pois a composição da sua coil é muito importante para a maximização da duração da sua bobina, existe vários tipos de ferros utilizados, o mais recomendado é o SS (aço inoxidável).

Quando misturo muitos juices o sabor fica estranho, é problema da coil ou é um problema do advindo do usuário?

  • TENTE NÃO MISTURAR JUICES PARA NÃO CONTAMINAR SUA COIL

Não estamos aqui para julgar ninguém, afinal, vapers são alquimistas natos, não que isso seja um problema, porém algumas misturas podem fazer a sua experiência vaping cair de qualidade.

Misturar um juice sobremesa com um juice mentolado pode não trazer aquele gosto que você esperava. E-líquidos frutados com mentolados já caem muito bem, e às vezes até mesmo um sobremesa com um atabacado, mas cuidado para não fazer a mistura certa e haver desperdício. Quando o juice atual do seu tanque se esgota, e você não quer trocar a coil, procure um juice mais similar com àquele que você já estava utilizando, se você usar um juice que não combina, pode acabar contaminando a sua coil com o gosto ruim que se formou da mistura, aí é só sentar e chorar, ou você troca o algodão, se possível, ou você troca a coil inteira, caso você achar necessário.

MASTER DICA PARA ALQUIMISTAS:

Se você gosta de usar vários tipos de juices de uma só vez, tenha tanques separados ou reservatórios para cada tipo de sabor.

Exemplo: eu tenho um OFRF Gear RTA somente para frutado e mentolados, e tenho um Wotofo Profile RTA somente para juices sobremesa, e uso meu Pod Havok somente para atabacados. Dessa forma consigo manter minha coil com sabores mais limpos por mais tempo.

  • CONFIGURAÇÕES DE POTÊNCIA

Usando uma potência muito baixa – às vezes você preparou a sua coil corretamente, mas o vapor e sabor que você está recebendo não é o esperado, você pode até mesmo sentir um gosto ruim de queimado, muitas vezes esses problemas são atribuídos a potência selecionada pelo usuário. Verifique sempre qual a potência indicada em cada coil utilizada. Com vape pens é muito improvável que isso aconteça pois elas têm uma saída de potência fixa, você não configura, somente dá o fire e vapora.

O que você pode fazer também, como uma forma de segurança para não exagerar na potência é ir aumentando gradualmente, de dois em dois watts, e ir vaporando até encontrar o ponto certo, mas definitivamente, o melhor é seguir as recomendações do fabricante da sua coil.

Usando uma potência muito alta – tenha sempre em mente em seguir a potência sugerida pelo fabricante da coil, pois você pode acabar danificando a sua coil e acabar queimando-a rapidamente, além disso, dependendo do juice que você usa, um vapor muito quente pode criar uma experiência insatisfatória.

PROBLEMAS COM TANQUE / ATOMIZADOR

Agora que você conseguiu aprender os principais erros usuais da coil, vamos expor alguns cuidados que você deve tomar com o seu atomizador, que vai desde o fluxo de ar, o juice que você utiliza, e dicas para não ocorrer vazamento.

Como foi falado anteriormente, é necessário manter seu atomizador/ reservatório sempre com um mínimo de juice.

O ato de não deixar o seu atomizador com líquido suficiente, pode danificar a sua coil, algumas bobinas ou reservatórios de pods vem com uma linha de “preenchimento mínimo”, para você manter a sua coil saturada, e também para não ocorrer o dry hit. Por isso, tente manter o seu tanque o cheio possível. Alguns atomizadores vêm com um vidro bolha (bubble) do qual tem uma capacidade maior de juice, fazendo com que haja menos recargas.

Ah, mas meu atomizador está vazando, o que posso fazer?

Quando você limpa o seu atomizador, e põe a sua nova coil, é bom certificar-se de que tudo está encaixado perfeitamente. Caso a sua bobina não estiver parafusada corretamente na base do tanque, o juice pode percorrer os fios e acabar saindo pela parte de ventilação do fluxo de ar. O resultado disso é muita melequeira e desperdício de juice, e não é o que você espera, né?!

Certifique-se também de que os restantes das peças estão bem encaixadas e firmes, mas caso você ainda estiver tendo problemas com vazamento, verifique as conexões de borracha, os anéis (Oring), veja se elas estão vedando bem e se não estão desgastadas. Normalmente esses anéis vem junto com os apetrechos do seu atomizador na sua caixinha.

Manter o fluxo de ar fechado quando você não está vaporando, também ajuda a manter o vácuo de ar no tanque apertado, o que ajuda também a proteger da entrada de poeira ou sujeira, caso o seu vape estiver na bolsa.

USANDO O JUICE CORRETO PARA O SEU ATOMIZADOR

Vapers iniciantes normalmente não se atentam a razão de VG/PG, e isso é um fator muito importante para se obter uma boa experiência vaping. E isso vai de acordo com o tipo de dispositivo que você usa.

Por exemplo: se você usa um kit Sub Ohm com uma bobina menor que 1,0 Ohm, procure utilizar juices com proporções de VG/PG 70:30, você pode até utilizar um com proporções 50:50, porém você pode não gostar do hit na garganta que ele gerará.

Se você utiliza um kit MTL (boca a pulmão), com uma bobina de 1,0 Ohm, ou mais, e você sentir que não está saindo tanto vapor, procure utilizar um líquido VG/PG 50:50. O PG (propilenoglicol) é um líquido mais fino, portanto mais fácil de vaporar.

E a nicotina, qual a força certa para eu utilizar?

É necessário que você observe qual aparelho você está utilizando, também depende da resistência da sua bobina. Para utilizar doses maiores de nicotina, como juices Nic Salt, é recomendado utilizar coils de 1,0 Ohm para mais, menos que isso, 0,8 Ohm já são coils para você utilizar juices Freebase, fique atento!

SE VOCÊ VAPORA BEBA ÁGUA! UM VAPER PRECISA ESTAR SEMPRE BEM HIDRATADO!

É isso mesmo que você ouviu, além de ter que ter a sua coil sempre bem hidratada, você como usuário de vape precisa se hidratar frequentemente, e vou te explicar o motivo agora ....

O líquido do qual você utiliza, é o juice, ele é composto por VG (glicerina vegetal) e PG (propilenoglicol) e essas são substâncias higroscópicas, ou seja, elas retiram a água da atmosfera, quando você exala o vapor, acaba que você perde a água que o VG e o PG tenham absorvido, mas calma! Não é algo que cause uma severa desidratação, mas pode deixá-lo com a boca, garganta e lábios secos. Mas é importante que você beba água para a sua experiência vaping ser completamente satisfatória, afinal, ninguém gosta de ficar na secura né.

TRANSPORTANDO O SEU VAPE E ACESSÓRIOS DE FORMA CORRETA

Esse é um dos erros mais comuns entre vapers iniciantes, afinal, levamos de tudo na bolsa e na mochila, sem nos preocuparmos, vai desde ao celular até as chaves, tudo junto e misturado (risos). Mas quem é vaper precisa tomar alguns cuidados a mais na hora de transportar seu aparelho e os acessórios.

Dispositivo Vape

Seja pod ou mod de caixa, você precisa ter a certeza de que eles estão desligados, um dos erros dos vapers é deixar o seu mod ou pod no bolso, mochila, bolsa, e quando vê a coil está queimada, e o algodão nem se fala .... carbonizado, isso acontece porque outros objetos podem pressionar o botão do liga/desliga (botão fire) e ele ficar lá, só queimando sua coil. Cuidado, tenha atenção para manter ele desligado e fora do contato com outros objetos.

Baterias

As baterias são mais sensíveis, elas com certeza precisam ir em uma case específica para baterias, ou até mesmo naquela embalagem que quando você compra, algumas marcas acompanham. É imprescendível que você as transporte em uma case somente para elas, pois com qualquer contato com algum material feito de ferro, como suas chaves ou moedas, podem entrar em curto-circuito, fazendo com que liberem gases quentes, podendo ocasionar até uma explosão, FIQUE ATENTO!

ARMAZENAMENTO E HIGIÊNE

É muito importante que você faça a higiene do seu dispositivo, não importa a frequência com que você o use.
Se você é uma pessoa que usa o seu vape raramente ou com pouca frequência, é de extrema importância que você não deixe juice parado no seu reservatório do atomizador, ou até mesmo em sua coil, ele oxida sua coil e pode reduzir a sua vida útil.

Quando você for armazenar o seu vape, caso ele for um mod de caixa, retire as suas baterias e as guarde em uma case ou caixinha, não deixe-as jogadas por aí, e além disso, limpe a sua coil, não deixe o seu algodão vários dias parado com juice velho, ele oxida e isso não faz bem para você.

Outro ponto importante, é sempre manter as suas ferramentas limpas, pode acontecer de algum resquício de juice antigo entrar em contato com a sua coil ou algodão, e acabar deixando um gosto ruim na hora de vaporar, e você não quer isso, né!

Ao armazenar o seu dispositivo, sempre o desligue e guarde em um local seguro e seco, longe do sol ou exposição a temperaturas extremas.

CUIDADO AO CARREGAR SUAS BATERIAS

Independente se você tem um pod ou mod, é de suma importância que você siga as orientações do fabricante, leia o manual de instruções antes de qualquer coisa, esse é um dos erros que você precisa evitar.

É recomendável carregar as baterias de um mod de caixa em um carregador externo específico para baterias de vape, ou seja, que possuem alta potência.

Um pod ou dispositivos que possuem bateria interna, é necessário que você olhe o manual para ver a voltagem de carregamento, e a porta USB utilizada, sempre tomando o cuidado para seguir as orientações do fabricante certinho, evitando assim um superaquecimento do dispositivo (do qual pode causar um risco de incêndio ou curto-circuito na bateria).

Agora que você está a par dos principais erros de vapers iniciantes, você pode evitar ou consertá-los, e caso tiver alguma dúvida pode nos chamar, ou deixar o seu comentário aqui embaixo.

Você tem alguma dúvida, sugestão ou comentário?

Fique livre para escrever aqui, ou se preferir pode chamar no Direct do instagram
.

Nos siga: @estagiario.7030

Logo alquimia7030 desktop

 A Alquimia 7030 é uma das melhores lojas de vape do Brasil, trabalhamos exclusivamente com marcas que são referência no mundo vaping e produtos originais de procedência comprovada.

Visite nosso site e encontre tudo que você precisa para uma experiência vaping memorável. ❤️

Alquimia7030 - Todos os direitos reservados.
CLOSE
cross

Quer receber ofertas personalizadas?

Permita notificações para receber atualizações em tempo real sobre o seu carrinho de compras e quem sabe, você até mesmo pode receber um código de desconto especial 😊

Maybe later